Skip to main content
Aula Cambridge SEDA College

Como funcionam os exames de Cambridge

Os exames de Cambridge são uma forma oficial de certificar em qual nível de conhecimento da língua inglesa o estudante se encontra, com base em seus conhecimentos linguísticos, sua fluência, vocabulário, além da experiência e foco na hora de resolver as questões.

Todos os exames são organizados com base no CEFR – Common European Framework of Reference e possuem uma escala de pontuação bem específica, que fornece relatórios mais objetivos, atendendo melhor a determinado perfil de estudante, que normalmente busca uma vaga em universidades internacionais, ou deseja dar aulas de inglês, ou se candidatar a um emprego no exterior.

O exame possui níveis diferentes de dificuldade, de acordo com o volume de conhecimento do estudante.

Cambridge English Young Learners (YLE) – exames para crianças entre 07 e 12 anos. São oferecidos em três níveis: Starters, Movers e Flyers. Os exames são especialmente elaborados para crianças, que recebem certificados e são incentivadas a continuar seus estudos do idioma. Não há reprovação.

Cambridge English Key (KET) – exame de nível elementar (A2), para adolescentes e adultos. Mede a capacidade de comunicação em situações rotineiras. O candidato deverá ter entre 180 e 200 horas de estudo da língua inglesa.

Cambridge English Preliminary (PET) – exame de nível intermediário (B1), avalia a comunicação em situações sociais ou de trabalho. O candidato deve ter uma média de 375 horas de estudos do idioma.

Cambridge English First (FCE) – prova de nível intermediário superior (B2), avalia a capacidade do candidato ao interagir em diferentes situações do cotidiano. Esse certificado é uma das mais confiáveis provas de habilidade linguística.

Cambridge English Advanced (CAE) – exame de nível avançado (C1), onde é avaliado o desempenho do aluno em situações rotineiras e mais elaboradas que do último nível. É um exame reconhecido por mais de 3.000 instituições educacionais, empresas e agências governamentais.

Cambridge English Proficiency (CPE) – prova de nível avançado (C2). Reconhecido por instituições internacionais como sendo a mais alta qualificação em língua inglesa.

Cambridge English Business (BEC) – exame que avalia a habilidade de utilização do idioma em ambiente profissional. É oferecido em 3 níveis: Preliminary (B1), Vantage (B2) e Higher (C1).

Teaching Knowledge Test (TKT) – avalia o conhecimento profissional de professores. As áreas testadas emvolvem o conhecimento da língua inglesa e seu aspecto pedagógico.

Business Language Testing Service (BULATS) – forma de avaliação linguística específica para empresas, companhias e organizações.

International English Language Testing System (IELTS) – exame aberto a pessoas com diferentes níveis de proficiência em inglês. É exigido por universidades e instituições internacionais, para fins de cursos de pós-graduação e também imigração.

Os resultados dos exames de Cambridge são mais detalhados, e os candidatos recebem uma nota para cada habilidade: leitura, escrita, compreensão auditiva, expressão oral e use of english. Uma nota geral também é atribuída.


LEIA TAMBÉM: 7 motivos pelos quais você deve estudar na Irlanda

Portanto, os resultados apresentados na escala mostram claramente o progresso do aluno de um exame para outro. Aquele que tiver segurança e o conhecimento suficiente, se desejar, pode começar pelo FCE ou CPE, sem percorrer todo o caminho, desde o início.

O mais importante antes de prestar o exame, é estudar como a prova é feita, quais assuntos costumam cair e estudar bastante. Os exames de Cambridge não são gratuitos, são caros, por isso, é importante que se preste o exame com segurança.

Lembre-se que os exames de proficiência são a melhor maneira de atestar o conhecimento no idioma inglês. Sem eles, por mais que o estudante seja aplicado, não é admitido em universidades internacionais, nem consegue a chance de iniciar uma carreira profissional em outro país.

Compartilhar:

Responder