Geral,  SEDA Online News

Inglês para profissionais de Enfermagem: saiba o que muda na sua carreira ao falar o idioma

Você é da época em que falar inglês era somente um diferencial para o seu currículo? Pois é, essa época já passou! Com o mundo globalizado e um mercado de trabalho exigente o inglês para profissionais de Enfermagem também se tornou essencial e pode trazer diversos benefícios na carreira de quem tiver o domínio do idioma. Entenda aqui!

Sendo parte do ramo das ciências da saúde, a profissão requer certo domínio do inglês, não apenas para ter melhores oportunidades de emprego, mas também para estudar e expandir as habilidades.

E com a carência de profissionais do setor de Enfermagem em diversos países, a fluência no inglês se tornou um grande diferencial no mercado.

Quem estiver interessado em expandir suas oportunidades de trabalho como enfermeiro, tanto para melhorar seu treinamento ou porque deseja exercer a profissão em um país de língua inglesa, aprender inglês é algo primordial para alcançar esses objetivos.

Isso sem contar que é possível trabalhar na área da saúde em qualquer lugar do mundo, como, por exemplo, fazendo trabalhos voluntários em ONGs. Além das competências e experiência de carreira, o inglês se torna um fator decisivo na escolha dos voluntários.


LEIA TAMBÉM: Inglês para profissionais de TI: Saiba o que muda na carreira ao falar o idioma

Quem fala inglês, ganha mais

Em geral, o domínio do inglês possibilita o crescimento profissional dentro de uma empresa, seja através de melhores cargos ou salários. Para ter uma ideia, segundo a 57ª Pesquisa Salarial do site de empregos Catho, a remuneração de um funcionário fluente em inglês, em cargo de gerência, é até 70% maior em relação a um profissional do mesmo nível hierárquico, mas sem a fluência na língua.

Nos outros níveis, as variações são em torno de 53% (supervisores/coordenadores), 33% (especialistas graduados) e 40% (analistas) entre os que dominam o inglês e os que têm apenas conhecimentos básicos do idioma.

Profissão em demanda no exterior

A busca por profissionais de Enfermagem no exterior é alta, e muito países têm na sua lista de carências enfermeiros.

Inclusive, o site Talent Search Pople listou a profissão de enfermeiro como uma das 10 profissões em maior demanda na Europa pela próxima década.


LEIA TAMBÉM: A importância do inglês para Au Pair

Países com maiores salários para enfermeiros

O site Career Addict fez uma lista com os 10 países com melhores salários para enfermeiros, confira:

  • Nova Zelândia: Os salários na Nova Zelândia são geralmente impressionantes, refletindo a alta qualidade de vida lá, e aqueles que possuem habilidades nas principais indústrias podem se sair muito bem; a média no país, por exemplo, é de US $ 56.318 por ano.
  • Irlanda: Com um salário médio de $ 57,663 por ano, os enfermeiros podem optar por trabalhar no setor público financiado pelo governo ou tentar ganhar ainda mais no setor privado do país.
  • Suíça: A média para enfermeiros no país é $ 58.041 por ano, embora valha a pena considerar que o custo de vida na Suíça é notoriamente alto. Você também precisará ter habilidades com outras línguas, já que é preciso um nível forte de alemão, francês ou italiano, dependendo de onde você escolher se mudar.
  • Holanda: Os enfermeiros podem esperar ganhar em média US $ 60.253 por ano, embora – apesar de muitos cidadãos holandeses falarem inglês perfeito – você ainda terá que se familiarizar com o idioma local.
  • Israel: O país é capaz de atrair alguns dos melhores profissionais do ramo. Os enfermeiros comandam uma média anual de cerca de US $ 63.541, o que, para contextualizar, é quase o dobro do salário médio do país.
  • Noruega: Os enfermeiros podem ganhar um salário médio de US $ 66.647, embora, dependendo de sua especialidade, esse número possa aumentar significativamente. A vida na Noruega é mais do que o seu pacote salarial também. Em seus dias de folga, você também terá acesso a algumas das mais belas paisagens naturais do mundo, tornando-o o lugar perfeito para recarregar suas baterias quando o trabalho se tornar muito estressante.
  • Austrália: Aqueles que estão dispostos a ir para o país podem esperar uma recompensa anual de cerca de 72.271 dólares. Com muitas cidades prósperas, modernas e cosmopolitas para escolher – e alguns dos marcos naturais mais importantes do mundo à sua porta – não é surpresa que a Austrália seja um destino tão popular para os enfermeiros.
  • Estados Unidos: O salário médio nos EUA para uma enfermeira é de cerca de 74.250 dólares por ano, embora haja o potencial de ganhar mais em determinados estados.
  • Islândia: A Islândia possui um sistema de saúde financiado pelo governo de alta qualidade que é invejado por muitas nações maiores, com enfermeiras olhando para um salário anual médio de US $ 87.635.
  • Luxemburgo: O topo da lista vai para Luxemburgo! Até mesmo as enfermeiras iniciantes começam com cerca de US $ 60.000, enquanto a renda média anual de US $ 105.749 sugere que há espaço para ganhar um salário ótimo.

 –

E VOCÊ? Vai apostar no seu crescimento e agir? 

Você já entendeu que o dominar o inglês é muito importante para sua carreira e profissão, ok. Mas, como começar? E quais são os resultados esperados?

Na SEDA College Online você aprende inglês se divertindo e praticando. Possuímos mais de 40 cursos, mas em destaque o Curso General English é o que vai te levar do básico ao avançado, estudando de 30 minutos à 1 hora por dia, seja em casa, no ônibus, metrô, ou qualquer lugar do mundo. Nós somos 100% online e nossa metodologia é REFERÊNCIA no ensino de línguas.

Você precisa aproveitar agora, este é o momento em que o mercado está precisando de profissionais cada vez mais capacitados para assumirem posições e cargos de alto potencial. Afinal, quem não quer ser valorizado e explorar o seu real potencial? Isso é o que o inglês pode te proporcionar hoje!

Assuma um compromisso com você, clique agora aqui assine a SEDA College Online.

 

Compartilhar:

Responder